Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Boneca de Cristal

A Boneca de Cristal

Qua | 26.04.17

A ti me entrego

Deixa-me amar-te. Querer-te como nunca ninguém te quis, dar-te... tudo o que precisas. Deixa-me ser o teu presente, o futuro dos teus sonhos e a força do teu lutar. Deixa-me ficar a teu lado, cometer contigo o pecado. Quero rasgar contigo todas as tempestades que se enfrentam. Quero olhar-te nos olhos e dizer-te em silêncio o que não consigo dizer-te por palavras. Porque és muito mais do que apenas palavras. Porque dás-me vida. Alimentas-me com o teu amor. E eu a ti me entrego.<

Qua | 19.04.17

Blá blá blá

Faças o que fizeres, bem ou mal, certo ou errado, simples ou complicado, há pessoas que vão sempre falar, vão sempre criticar, vão sempre apontar o dedo, cuspir para o ar. Não deixes que as opiniões dos que falam por falar te deitem abaixo. Essas pessoas vão sempre falar, sempre. Por isso, e sempre que tiveres dúvidas, faz. Decide, muda, escolhe, fica, vai, ri, chora, grita, faz silêncio, fecha portas, abre janelas, vive. Vive muito e vive bem a tua vida, porque se há lição que a vida ensina é que nunca irás agradar a todos, e às vezes, para tentares agradar aos outros (ou não seres criticado pelos outros) deixas de viver a vida que queres viver, e deixas de ser a pessoas que queres ser.

Ter | 18.04.17

❤❤❤❤❤❤

Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância, já que viver é ser livre. Porque alguém disse e eu concordo, que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata, e que a vida sempre, sempre continua. Se as coisasfossem perfeitas não existiria lições de vida, nao haveria arrependimentos nem descobertas, mãos não se uniram e sonhos nãoseriam valorizados, olhares não se completariam e gestos passavam despercebidos.

Ter | 11.04.17

Na hora da raiva

Encontrei, uma caixinha cheia de relatos, um monte de documentos tão falsos, nossas vidas. Em minhas mãos  agora, esta cada parte dessa nossa historia, e eu não sei se eu rasgo ou meto fora... E o que e que eu faço agora???

Cometi a loucura de as nossas fotos rasgar, e um anel eu tive que cortar, mas foi na hora da raiva.

Naquele segundo eu pensei que a terra te odiava, mas respirei fundo e vi que eu te amava, mas foi na hora da raiva.

E hoje, nos perdidos e achados, encontrei um sorriso que não dei, uma chance que perdi, uma oportunidade que me passou. Encontrei uma fé empoeirada, um sonho esquecido. Peguei em tudo de volta, e disse a vida: Nada me vai fazer perder oportunidades novamente.

 

 

 

 

 

20170411_220842.jpg

Qua | 05.04.17

Uma carta aberta

 

 

Querida menina de bikini azul,

Sou a mulher da toalha ao lado. A que veio com as meninas.

Antes de mais nada quero dizer-te que estou a divertir-me muito perto de ti e dos teus amigos, neste bocadinho de tempo em que os nossos espaços se tocam as tuas risadas, a tua conversa e a musica do teu grupo me invadem o ar.

Fiquei meio atordoada ao perceber que não sei em que momento da minha vida deixei de estar ai para estar aqui, deixei de ser a que vai com os amigos para ser a que vai com as crianças.

Mas não te escrevo por nada disso. Escrevo para te dizer que prestei atenção em ti. Percebi-te, e não pude evitar de te ver.

Vi que foste a ultima a ficar só em bikini. Vi que te puseste atrás de todo o grupo, discretamente, a tirar a camisola quando acreditavas que ninguém estava a olhar. Mas eu estava. Nao estava a olhar para ti, mas vi-te.

Vi que te sentas-te na toalha numa postura cuidadosa, a tapar o ventre com os braços, vi que colocas-te o cabelo atrás da orelha inclinando a cabeça para alcança-la, talvez para não tirar os braços da tua posição casual.

Vi que te levantas-te para ir ao mar e engolis-te em seco, nervosa por teres de esperar assim, em pé, exposta, pela tua amiga, e usar mais uma vez os teus braços para encobrir as estrias, a flacidez, a celulite.

Vi-te agoniada por não conseguires tapar tudo ao mesmo tempo enquanto te ias afastando do grupo tão discretamente como tinhas feito antes.

Nao sei se tinha algo a ver, na tua insatisfação contigo mesma, o fato da amiga por quem esperavas ter soltado os cabelos sobre as costas e só faltava mesmo ter assas para ser a Vitoria Secret. E enquanto isso tu ali, olhavas para o chão, procurando um esconderijo em ti, gostava de te dizer tantas coisas.

Talvez porque eu, já estive ai, na tua toalha, na tua e na da tua amiga. Fui tu e fui ela, e agora não sou nenhuma das duas - ou talvez ainda seja ambas- assim, se pudesse voltar atrás, escolheria simplesmente curtir a vida em vez de me preocupar com isso.

Tens um sorriso lindo, eu adoraria dizer-te que gostaria que olhasses para ti com os olhos de uma mulher de trinta anos porque talvez percebesses  o muito que mereces ser amada, inclusive por ti mesma.

Gostaria de te poder dizer que a pessoa que um dia te amar de verdade não amara a pessoa que tu és apesar do teu corpo e sim adorara o teu corpo, cada curva, cada buraquinho, cada linha, cada pinta. Adorara o mapa, único e precioso, que se desenha no teu corpo, e se não o fizer então não merece o teu amor. Gostaria de te dizer que és perfeita do jeito que és, sublime na tua imperfeição..

Seg | 03.04.17

A boneca

Snapchat-1392012841.jpg<Boa noite bloggers. Esta é a boneca, boneca no exterior e de cristal no seu interior. Beijinhos e obrigado pelas visualizações 😘😘😘😘😘