Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Boneca de Cristal

A Boneca de Cristal

Seg | 08.05.17

Sonho

Já tive tive sonhos, alguns toscos, outros nem tanto. Já realizei alguns, chorei por outros. Já sorri ao amanhecer, já acordei birrenta. Tive dias de aborrecimentos e outros de plena paz. Já fui paixão, fui dor e hoje sou o amor. Amor que divido contigo, amor que sonhei viver e encontrei ao te conhecer, amor que sempre quando fecho os olhos eu vejo, nós os dois de cabelos branquinhos, com a pele enrugada, com a voz bem mansinha, porém, com o mesmo abraço de sempre. Abraço de quem se entrega e cuida do outro, abraço que faz o coração vibrar, que faz o estômago viajar num bosque com borboletas, abraço irresistível no qual resolvi morar. Sonhar é tão mais doce, tão mais lindo, quando existe alguém para caminhar ao nosso lado. É viver para o outro e ser para o outro tudo o que desejamos para nós mesmos. É acreditar em dias felizes, é dançar na chuva, é viver cultivando flores no peito, flores que florescem amor. Sonhar é realizar. Sonhar é acreditar. E, por destino, ou como prefiro crer, por obra de Deus, eu sonhei viver um amor indescritível, amor que a gente realmente não sabe explicar, porém sim sentir. Talvez eu seja uma privilegiada, uma escolhida ou quem sabe eu só seja uma sortuda que sonhou com fervor, que sonhou contigo desde o primeiro dia que fechou os olhos e sonhou com o amor.